Turismo Marrocos – O que precisa saber

09 Out, 2011

O turismo em Marrocos tem tido grande procura pelos Portugueses, a proximidade, e a cultura são as principais razões para o crescimento desta procura.Marrocos é um dos destinos exóticos mais próximos de Portugal, que esconde muitas maravilhas e paisagens inesquecíveis. Para que saiba tudo o que precisa quando planear a sua viagem a Marrocos aqui ficam algumas sugestões.

 

turismo marrocos

Como ir para Marrocos



Já existem alguns voos low cost para Marrocos, mais propriamente para o aeroporto de Marraquexe. A companhia low cost Raynair é uma delas. Partidas do Porto para Marrocos, desde 39, 98 euros, ida e volta. É a única ligação low cost directa de Portugal. Para além disso pode optar sempre por um voo low cost com escala em Madrid ou Paris até Marraquexe ou Fez, se isso significar um bilhete mais económico para Marrocos. Por exemplo pela Easyjet fazendo escala em Madrid fica por 73,96 euros bilhete ida e volta.

Tendo em consideração o valor de uma viagem pelas ditas companhias aéreas comuns, consegue poupar bastante na viagem de avião. Outra forma de viajar para Marrocos é ir de carro ou até mesmo jipe. Existem várias estradas e vias que compensa levar o automóvel. Merzouga é uma delas, sendo possível ir até ao deserto pela estrada de alcatrão. Tenha apenas cuidado com areia, desvie-se se encontrar alguma na estrada e acelere caso tenha que passar por cima de algum pedaço com areia, que não dê para se desviar. Desta forma evita derrapagens. Tenha também em consideração as regras de trânsito, vá com muita atenção e cuidado com os outros condutores.O preço dos combustiveis em Marrocos é bastante mais barato que em Portugal.

O que visitar em Marrocos


Em Marrocos as cidades imperais são de uma grande riqueza histórica que não pode deixar de visitar. Meknes, próxima de Fez, é uma dessas cidades. Os seus principais pontos de interesse são a Porta Bab Mansour, Dar el-Ma, o Palácio de Água, o Masouléu de Moulay e o Palácio de Dar Jamai, entre outros. Próximo da cidade histórica de Meknes, encontra-se um dos melhores sítios arqueológico romanos de Marrocos, a cidade de Volubilis.

Em Fez não pode deixar de ver as Mesquitas de El-Qaraouiyyîn e Ech-Cherabliyyîn, as Madrassas de  Bou-Inania e El-Attarîn e Museu Nejjarîn das Artes em Madeira.

Rabat a capital de Marrocos também tem locais igualmente belos que merecem uma visita, como por exemplo, a Necrópole de Chella, Museu dos Oudayas, o Masoléu Mohammed V e o palácio real Dâr-al-Mahkzen.

Em Marraquexe, não pode deixar de ver :

  • Praça Jamaa-El-Fna
  • Madrassa Ben Youssef
  • Mesquitas da Koutoubia e El Mouassine
  • jardins de Ménara e Agdal
  • palácios da Bahia e El Badi
  • Museu de Maraquexe
  • Museu de Arte Islâmica
  • Museu Dar Si Saïd.
  • A Medina de Marraquexe é considerada desde 1985 Local Mundial do Património da Unesco.

O deserto do Saara com os seus oásis e dunas como as de Tinfou, Er Chebbi, ou Chegaga são outros dos pontos turísticos que não pode perder, assim como as montanhas do Atlas, onde estão instaladas muitas tribos berberes. A costa atlântica tem cidades encantadoras como Casablanca ou Safi sendo esta a zona a mais fresca de Marrocos. Estas cidades são um pouco diferentes de Fez ou Marraquexe por exemplo, pois tem uma grande influência europeia, inclusive portuguesa, como cidade de Mazagan.

Dicas importantes para quem faz Turismo em Marrocos:


 
Visite os vários mercados espalhados um pouco por cada uma destas cidades e aproveite para comprar algumas recordações como jóias, lenços ou perfumes a preços simpáticos. Tenha em atenção que os marroquinos, vendedores por excelência, esperam sempre que regateie o preço, por isso negocie o máximo que conseguir.

Conselhos úteis

– Marrocos apesar de estar próximo de Portugal fica num continente totalmente diferente. As temperaturas em Marrocos são mais elevadas do que no nosso país, por isso é aconselhável levar calçado e roupa confortável.

– Devido ao clima extremamente seco, leve consigo toalhitas higiénicas para que possa se ir refrescando e soro para humedecer o nariz e olhos, principalmente se for para o deserto. Beba sempre água engarrafada e faça as suas refeições essencialmente no hotel, pois as refeições tradicionais por vezes, muito condimentadas, podem ser um choque para o organismo.

– Não quer isto dizer que não deva experimentar a comida marroquina, pode fazê-lo, escolha é bem o sítio onde faz as suas refeições para que não haja qualquer tipo de indisposições. O passaporte é necessário, mas não precisa nem de visto, nem de vacinas específicas.

– Para que não tenha que estar sempre a trocar o seu dinheiro, pode levar o seu cartão multibanco. Existem várias caixas espalhadas pelas cidades, pelo que não será difícil encontrar uma. Se for de automóvel leve dois pneus sobressalentes, especialmente se tencionar visitar locais que fiquem longe das cidades.

Em conclusão, Marrocos está aqui bem perto, já se conseguem viagens baratas , pelo que estão reunidas todas as condições para visitar este país único e que gosta e sabe receber muito bem os seus visitantes.

 
  
Viagens relacionadas
Opiniões sobre este artigo

Deixe a sua opinião




Tema WordPress exclusivo por Sybo (C) 2015 - viagens low cost – Reservar viagens baratas