Férias na Sardenha – o que precisa saber

26 Jun, 2011

A Sardenha é uma das ilhas mais encantadoras da Itália. Para os italianos é sem dúvida como o Algarve para os portugueses, um excelente destino de férias com muito sol, praia e diversão para todos os gostos, e para os restantes europeus, claramente um local a visitar.Obviamente que o turismo em Roma é o mais procurado por quem visita Italia, mas para quem procura praia e animação, juntando a isso cultura e tradição, umas férias na Ilha da Sardenha é algo que não deve perder.

 


 
ferias na ilha da Sardenha
 
 

Ferias na Sardenha: Como chegar

 
A ilha da Sardenha situa-se no Mar Mediterrâneo perto da ilha de Córsega, chegando-se até ela através de Ferries que partem de Toulon e Nice, via Córsega (Corsica Ferries), e Savona, Livorno e Civita Vecchia (Sardinia Ferries). Estes ferries transportam pessoas, animais e veículos, pelo que se quiser levar carro para andar livremente na Sardenha, poderá fazê-lo.
 
As muitas praias existentes são um dos pontos de interesse da Sardenha. Existem várias um pouco por toda a ilha, com várias grutas e cavidades possíveis de visitar através de barco. Muitos dos pescadores da ilha, durante as férias de Verão alugam pequenas embarcações para quem é mais aventureiro e gosta de explorar a região sem guias. Mas também é possível ir num dos muitos barcos que realizam excursões ao longo da costa que podem ir de Alghero até ao cabo Caccia. Este cabo é famoso e conhecido pela sucessão de grutas marinhas existentes, das quais destacamos a gruta de Neptuno, com grandes estruturas de estalactites e estalagmites e galerias com vários quilómetros.Existem também diversos voos de avião baratos para Itália, que são uma excelente opção para umas férias baratas.
 
 

Ilha da Sardenha: O que visitar

 
Em Cala Gonone, a Gruta del Bue Marino vale uma visita, assim como as enseadas de Cala di Luna e Cala Sisine. As ilhas de Spargi e Santo Stefano ficam a 40 minutos de barco e um pouco mais longe as ilhas de Santa Maria, Razzoli e Budelli, embora esta última, com areias cor-de-rosa, não seja acessível por barco, para que esta se mantenha preservada.
 
Também designada como região Esmeralda, devido às águas cristalinas do Mediterrâneo que banham a ilha, a Sardenha tem belíssimas praias, onde poderá dar bons mergulhos ou relaxar ao sol. As mais visitadas costumam ser as de Asinara, Cagliari, Pula, Madalena, Geremeas, Chia, Santo Elmo, Canniglione, Caprera e Portobello.
 
 

Sardenha: Um pouco de história

 
A Itália é muito rica em história , como já podemos falar sobre o que visitar em Roma, viajar para Italia é uma experiencia única e a Sardenha não é excepção. A cidade de Alghero foi fundada no séc. X e ainda é possível passear-se pelas ruas medievais, e ver a Catedral de Santa Maria e a Igreja de São Francisco. É umas das cidades mais visitadas, que foi colonizada no séc. XIV principalmente pelos catalões, que aí deixaram um pouco da sua cultura, presente não só ao nível da arquitectura, como também das tradições e costumes.
 
A cidade de Sassari, fundada por mercadores pisanos e genoveses, tem um maravilhoso centro histórico, onde está a Fonte Rosello, do período Renascentista, a Catedral datada do séc. XI, as igrejas de São Pedro, St.ª Maria de Belém, a Praça de Itália e o Museu Archeologico Nazionale GA Sanna. Em Nora, uma vila no interior da ilha, dê um pulo ao Museu della Vita e delle Tradizioni Popolari Sarde e descubra mais sobre as gentes e costumes da Sardenha.
 
Na cidade costeira de Bosa, o Castelo de Serravalle, datado de 1112, é um dos pontos de interesse, com uma magnífica vista sobre o mar, e é possível visitar o bairro histórico Sa Costa e as casas de Sas Cozas, onde vivam e trabalhavam os antigos tintureiros. As suas catedrais e igrejas são pontos de passagem assim como a Sa Piatta, a zona mais movimentada de Bosa.
 
Em Castelsardo, uma das vilas a norte da ilha, das mais típicas e antigas da região, onde é possível visitar o castelo com vista sobre o golfo de Asinara. Aí está também localizado o Museu do Tecido, onde está exposta a cestaria típica da região feita com folhas de palmeira.
 
A capital da ilha, Cagliari, tem muitos locais arqueológicos visitáveis que testemunham a presença de fenícios, romanos, vândalos e muçulmanos, entre tantos outros povos que por ali passaram. A 100 quilómetros da cidade, encontram-se os vestígios da cidade Púnica-Romana de Tharros, um dos pontos históricos mais interessantes da ilha, sem dúvida a não perder.
 
O interior da ilha está pontilhado por florestas e montanhas que convidam os amantes da Natureza a explorar seja em caminhadas ou passeios de bicicleta ou se gostar de passeios mais tranquilos visite as povoações de Oliena, Orgoslo e Artizo e descubra a fantástica gastronomia, assim como a tradição pastoril local.
 
Tenha em atenção alguns detalhes úteis, em alguns locais paga um taxa extra por se sentar à mesa, por isso não se admire, é típico da Sardenha. Evite os meses de Julho e Agosto, pois é quando a maioria dos turistas a visita. Sardenha é um local único que combina praia, montanha, cultura e boa gastronomia, tudo numa ilha cheia de encantos por descobrir. Porque espera?Marque já as suas férias na Sardenha.

 
  
Viagens relacionadas
Opiniões sobre este artigo
  1. Marta Cristino

    ferias

Deixe a sua opinião




Tema WordPress exclusivo por Sybo (C) 2015 - viagens low cost – Reservar viagens baratas