Barcelona de Gaudi: O que visitar na cidade

14 Mar, 2013

Uma das principais razões para a cidade de Barcelona estar sempre repleta de turistas , é a obra de Gaudi.Gaudí foi um dos arquitectos mais excêntricos de todos os tempos ,e é em Barcelona que pode encontrar a maioria das suas obras.
 


 

Antoni Gaudi i Cornet nasceu no de 1852, que desde cedo se interessou pela arquitectura., tendo ido estudar para Barcelona no ano de 1869, uma vez que na altura era a cidade mais moderna da Catalunha e de toda a Espanha. Inicialmente os seus trabalhos focavam-se numa arquitectura vitoriana floreada, passando a compor o seu estilo com massas geométricas que iam desde a pedra ao tijolo modelado, passando por painéis cerâmicos de cor viva e estruturas de metal com flores ou répteis. Uma inovação nunca antes vista, dando-lhe um toque de excentricidade e originalidade que o tornaram tão conhecido nos dias de hoje.Existem diversas excursões em Barcelona que não deve perder.
 
monumentos gaudi barcelona
 
 

Eis algumas das principais obras de Gaudi em Barcelona:

Basílica da la Sagrada Família
 
A sua construção teve início no ano de 1882 a partir do projecto do arquitecto diocesano Francisco de Paula del Villar. Nos finais de 1883, Gaudí foi convidado a continuar as obras. Aplicou um novo design a todo projecto sem deixar de respeitar a simbologia religiosa, tornando este monumento num marco único da sua arquitectura.
 
O que torna este espaço único são as torres sineiras que se estendem por cima da nave principal. Ainda estão erigidas apenas oito das doze idealizadas no projecto. Estas representam os apóstolos, faltando ainda construir o zimbório central, com 170 metros, simbolizando Jesus Ursito, o campanário em honra da Virgem Maria e a torre dos quatro evangelistas.
 
Situado em pleno coração de Barcelona, é visitada por milhões todos os anos, apesar de continuar inacabada.
 
Casa Milá ou La Pedrera
 
Este edifício que para muitos se assemelha a dunas do deserto ou a grutas escavadas na rocha e segundo alguns críticos de arte reúne todas as características arquitectónicas de Gaudí, é fundamental para entender a vida e obra deste arquitecto. De uma beleza inigualável, o telhado faz lembrar ao visitante um paisagem lunar.
 
Os habitantes de Barcelona chamavam-lhe a Pedreira, por em tempos, considerarem este edifício feio. O seu interior está decorado com móveis e objectos art Decó bem ao estilo dos inicio do séc. XX e o sótão alberga uma exposição permanente sobre o arquitecto. Foi das últimas obras de Gaudí e graças à Fundação Caixa Catalunya, que comprou o edifício e mandou restaurar que este se tornou no centro cultural de Barcelona.
 
Palácio Güel
 
O palácio foi mandado construir pelo conde Eusébio Güel, que queria uma residência para viver com a sua família. Foi o grande mecenas de Gaudí dando-lhe oportunidade de exibir o seu carácter artístico. Este palácio foi construído entre 1886 e 1890 e situa-se muito próximo da avenida de Las Ramblas na rua Carrer Nou. Uma das particularidades desta obra é o vestíbulo duplo a fim de facilitar a entrada e a saída de carruagens, assim como as suas cavalariças e as chaminés profusamente decoradas com cerâmicas e vidros.
 
Parque Güel
 
O parque Güel foi outras das encomendas do Conde a Gaudí. Este tinha o sonho de implementar em Barcelona, uma nova urbanização inserida num jardim, a fim de contrapor com as modernas cidades da Europa construídas sobretudo em betão. Contudo o que se destacou foi o jardim e dois edifícios, um dos quais o actual Casa-Museu de Gaudí.
 
Este parque foi construído entre 1900 e 1914 e representa a última fase do arquitecto: a naturalista.
 
Pelos jardins o visitante pode observar vários elementos icónicos, ligados à religião, história e filosofia e os vários animais que decoram fontes como o lagarto coberto por mosaicos.
 
A Gran Plaza Circular tem um grande banco à sua volta com cerca de 152 metros todos cobertos de mosaicos coloridos tornando-se assim uma peça central neste parque. Outro elemento emblemático é sem dúvida o túnel em forma de onda que o visitante pode atravessar.Um dos melhores locais para visitar em Barcelona.
 
Casa Batlló
 
A pedido de José Batlló Casanovas, Gaudí procedeu à remodelação deste edifício construído em 1875 por Emili Sala Cortés. Centrou-se sobretudo na fachada, onde não existem nem ângulos, nem geometrias ou esquinas. Apenas formas ondulantes e suaves lembrando elementos naturalistas como falésias com ninhos e escamas de répteis. É uma fachada de enorme beleza e rica em pormenores que fizeram com se torna-se conhecida como a Casa dos Ossos pelas colunas que sustentam as varandas por estas se assemelharem as ossos do corpo humano. Construída entre 1875 e 1877.
 
 

 
Estas são algumas das sugestões que poderá seguir para conhecer melhor este extraordinário arquitecto, no entanto, ao visitar Barcelona, cada rua e ruela da cidade tem um detalhe, uma característica de Gaudí, porque Barcelona sem Gaudí não seria a mesma coisa!Pode ainda encontrar os melhores hoteis em Barcelona , aqui
 

 
  
Viagens relacionadas
Opiniões sobre este artigo
  1. Joao Vicente

    Quanto pode custar o bilhete diario do autocarro turistico em Barcelona?

  2. admin

    Cerca de 20€ por dia. Podes sair e entrar sempre que quiseres.

Deixe a sua opinião




Tema WordPress exclusivo por Sybo (C) 2015 - viagens low cost – Reservar viagens baratas